Search
segunda-feira 22 janeiro 2018
  • :
  • :

Rapper norte-americano mostra a capa do disco Revival e fala sobre o privilégio branco e a discriminação racial na nova faixa

Eminem trata do privilégio branco e discriminação racial na explosiva nova música dele, “Untouchable”, faixa do próximo disco do rapper, Revival. A música tem produção assinada por Mr. Porter e é construída em torno de um sample de “Earache My Eye”, da dupla humorística Cheech & Chong.

“Parece que estamos presos num tempo deformado/ Conforme eu chuto esses fatos e obtenho reações distintas/ Conforme essas batidas rolam/ Parece que estamos de volta aos anos 1960/ Em que ser negro é arriscado, porque isso continua acontecendo”, canta Eminem. “Durante a história, afro-americanos foram tratados como merda/ E eu admito que houve ocasiões/ Em que foi vergonhoso ser um garoto branco.”

Ouça a música abaixo.

No terceiro verso de “Untouchable”, depois do energético sample do Cheech & Chong, Eminem entrega uma narrativa extensa da perspectiva da comunidade negra – “Por que existem bairros de negros?/ Porque os EUA nos segregou/ Nos designou para uma área/ Nos separou/ Nos colocou na seção 8” – e critica os policiais ruins que “fodem com os bons policiais.”

“Continue marchando, até chegarmos no congresso/ Mas eles vão dizer que você está amarrado a uma posição irracional/ Porque você tenta difamar a bandeira/ Mas alguém precisa ser o sacrificado”, segue rimando Eminem. “Então eles chamam isso de birra de Kapernick/ Se você não se levantar para o hino nacional.”

Além de “Untouchable”, Eminem também revelou a capa do disco Revival, que traz o rapper com a cabeça apoiada nas mãos e atrás de bandeira dos Estados Unidos. Revival, com lançamento marcado para 15 de dezembro, traz participações de Ed Sheeran, Pink e Alicia Keys e também conta com a canção “Walk on Water”, com Beyoncé.




  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *